ÁREA DO ASSOCIADO

Etanol: demanda aquecida e vendedor firme sustentam preços em alta

Os preços do etanol estão em alta há quatro semanas no spot do estado de São Paulo.

Segundo pesquisadores do Cepea, além da demanda aquecida pelo biocombustível, que se mostra competitivo frente à gasolina C, agentes de usinas seguem firmes nos valores pedidos em novos fechamentos.

Também contribuem para sustentar as cotações, conforme pesquisadores do Cepea, o elevado valor do açúcar no mercado internacional e o dólar, à medida que esse cenário tende a levar usinas a direcionarem um maior volume de cana-de-açúcar à produção do alimento em detrimento do biocombustível.

De 1º a 5 de julho, o Indicador Cepea/Esalq do etanol hidratado fechou em R$ 2,5337/litro (líquido de ICMS e PIS/Cofins), aumento de 2,72% frente ao do período anterior.

Para o anidro, a alta foi de 6,32%, com o Indicador a R$ 2,9077/litro (líquido de PIS/Cofins).

Ainda assim, os atuais patamares seguem abaixo dos registrados em anos anteriores.

Os Indicadores Cepea/Esalq mensais de junho/24 do hidratado e do anidro (spot + contratos) foram os menores das últimas três safras para o período, em termos reais (deflacionamento pelo IGP-M de junho).

Autor/Veículo: Canal Rural